Olá ciclista, como vão esses treinos com o frio que tem estado?

Certamente já tens alguns treinos de bicicleta em cima, e já te deve ter acontecido de ficar “congelado” nos dedos ou nos pés durante um destes treinos… Se és um ciclista que gosta muito de pedalar, aposto que já passaste por isso alguma vez.

E na verdade, uma das coisas mais difíceis de fazer é pedalar com temperaturas extremas. Seja muito calor ou muito frio. E neste sentido, surge muitas vezes a pergunta sobre ate que ponto devo ir pedalar nessas condições, ou devo pelo contrário ir para o rolo?

Será que devemos fazer alterações no plano de treino quando treinamos nestas condições? Até que ponto está o limite onde devo ir para o Rolo, ou devo arriscar e treinar lá fora? Existe alguma regra para isso?

Neste vídeo falamos sobre alguns cuidados que devemos ter quando treinamos com tempo muito frio. Confere aí:

 [Vídeo] Como devo treinar quando está frio?

Como explico no vídeo, durante o exercício em temperaturas baixas, o nosso corpo sofre uma adaptação fisiológica que faz com que haja uma redistribuição do fluxo sanguíneo, por forma a maximizar o tempo de sobrevivência da pessoa (como se fosse um reflexo natural do corpo). Isso faz com que as extremidades, nomeadamente os membros, sofram mais para realizar a mesma intensidade.

Resultado de treinar intensidades mais altas, é uma fadiga muscular mais rápida, que impede o corpo de continuar nessa intensidade.

Por isso é que as dicas que damos neste conteúdo são essenciais para quem quer vencer o frio e manter-se minimamente ativo para não perder a forma física.

Um das opções que falamos é a de treinar no rolo. Se queres saber como adaptar os treinos para ele, clica AQUI para saberes mais em detalhe.

Caso queiras aprofundar mais os teus conhecimentos, sugerimos que olhes para o curso rolo de treino expert, que te vai ajudar ter ideias de como treinar no rolo. 😉

Um abraço e continuação de bons treinos 🙂