Olá ciclista, como vão esses treinos? Já alguma vez te perguntaste o que tem de interessante um contrarrelógio por equipas?

Afinal, o que tem de especial este tipo de corridas? E porque é que este ano na Volta à França colocaram uma etapa neste formato?

Se sempre tiveste curiosidade para entender como funciona este tipo de prova, então este vídeo é excelente para ti.

Desta vez decidi pegar no vídeo da etapa 3 do Tour de France, e dissecar alguns pontos, para que vocês entendam um pouco da técnica e da tática por trás de uma prova de ciclismo que, aparentemente, à primeira vista, não tem nada de interessante.

Este tipo de dicas vão ser muito úteis para todos aqueles que treinam em grupo, e que competem em equipa! Independentemente se fazem este tipo de provas ou não.

Quem prestar atenção aos detalhes, pode extrair daqui ensinamentos válidos para as suas futuras competições de estrada. 😉

Por isso, sem mais demoras, então vê este vídeo e presta atenção nestas dicas super importantes

 [Vídeo] Dicas para o Contrarrelógio por Equipas:

Como o vídeo mostra, num contrarrelógio por equipas, a técnica de revezamento, a organização e o ritmo são as coisas mais importantes. Depois disso estar bem oleado, são os detalhes que vão fazer a diferença.

Este é um tipo de corrida que obriga o corpo a andar sempre no limite, e por isso é necessário estar bem preparado ao nível da potência aeróbia, para conseguir aguentar muitos minutos de esforços elevados, para evitar ao máximo que a fadiga se instale muito cedo durante a prova.

Se também tu pretendes estar em boa forma e te preparar para uma prova deste género, já sabes o que tu e a tua equipa necessitam de fazer para ter o bom desempenho.

Um abraço e continuação de bons treinos 🙂